Friday, July 15, 2016


A descrição de uma observação feita em Sintra em 1873: «The glowworms and fireflies that perhaps lighted the fairy revels still linger here. You may see them in the summer evenings, and as you saunter along the “Passeio dos Amores”—or other shady grove.»

http://www.alagamares.com/a-visita-de-lady-jackson-a-sintra-em-1873/



Aqui fica já agora, a tradução de tal excerto, feita por Camilo Castelo Branco (em 1877):
«Dir-se-hia que os pyrilampos e as moscas phosphoricas ainda relampejam nas orgias das bruxas que por alli se vão mirrando. Em noites estivas, podeis vel-as no Passeio dos Amores ou em qualquer bosque fechado.»


Mais sobre este local (agora nos nossos dias): http://palacio-de-sintra.blogspot.pt/2012/05/fonte-dos-amores-em-sintra-com.html

Será que ainda existem lá pirilampos, nos dias de hoje? Isso seria algo interessante de averiguar.





10 comments:

Pleia Des said...
This comment has been removed by the author.
Pleia Des said...


Muito interessante!

Geog M. said...



Sintra é uma terra linda e cheia de mistérios.

Obrigado pelo relato!

Tânia Cardoso said...


Concordo com o Geog. M, pena é que eu tenha visitado Sintra, tão poucas vezes...

Vê-se facilmente pelas fotos disponiveis na internet e em livros, que continua muito bonita e com aquele encanto de antigamente.

Rita Fernandes said...




Desconhecia a expressão: «moscas phosphoricas» Ehehehe ;-)

Geog M. said...



Assim é, Tânia. Tirando alguns cortes de árvores, que na minha modesta opinião, não deviam ser feitos ou quanto muito, deviam ser feitos de forma mais moderada, Sintra continua em grande...
Mas também já vi plantações de novas árvores e ninhos colocados em certas árvores!

lightalive said...



Eu vivo na zona de Sintra e concordo com o que o Geog. M. diz.


Apesar de terem havido mudanças, algumas iniciativas vão mantendo a Serra em «boa forma».

Geog M. said...



Sim, ainda continua cheia daquele encanto de antigamente.

Tânia Cardoso said...



A merecer uma visita, então.

M. Resende said...



Adoro esta serra!