Thursday, July 09, 2015

Ponto da situação





Este ano tem sido bastante seco, aqui na zona Sul da Estremadura, mas os avistamentos de pirilampos e de bioluminescência em geral, continuam a ser comuns. Centenas de testemunhos, oriundos de diferentes partes do país, foram-nos enviados. Dezenas de novas localidades foram acrescentadas à distribuição presente conhecida para várias espécies.
A fase de avistamentos de espécies de coleópteros luminosos terrestres de maiores dimensões, já deu início com alguns testemunhos vindos da zona Oeste da Estremadura, do Algarve e do Norte do país, por exemplo.



9 comments:

Fernando Martim said...

Já lhe enviei as minhas observações.


Parabéns pela iniciativa.

Geog Marin said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Rita Fernandes said...

Aqui junto a Sesimbra, os solos ficaram muito secos (este ano). Mas lembro-me que já ficou pior no passado.

Hoje felizmente chove, aliás desde o início de Outubro que tem chovido.

lightalive said...


Fernando: Ok, muito obrigado!


É verdade Rita. e a ver vamos se os próximos meses vão confirmar esta mudança da padrão.

Tânia Cardoso said...

Já vi muitos há 2 anos, perto de Tomar, mas entretanto nunca mais vi (provavelmente também porque tenho andado menos no campo).

De todas as formas, vou-lhe enviar um relato do que vi.



lightalive said...

Obrigado, Tânia.

Rita Fernandes said...


E a chuva volta aqui em força, após um Novembro bem seco!

Geog M. said...


Hoje chove por aqui.


Ah e já lhe enviei o meu relato (sobre as luzes no mar).

José Veloso said...

O verão 2015 aqui pelo litoral norte foi quente,e nem parecia estar nesta parte do país.