Sunday, April 08, 2012



Já viu algum pirilampo?
Tenho recebido algumas informações de avistamentos de vaga lumes e de outras formas bioluminescentes. Mas relanço aqui o assunto. Quem tiver visto algum, por favor, envie-me um mail, pm ou até um «comment».
Tente enviar uma resposta, que responda às seguintes questões:

1- Local e hora do avistamento. ( o mais pormenorizado que poder indicar, melhor).
2- Condições atmosféricas ( se estava a chover, húmido, seco, calor ou outros...)
3- Condições de luminosidade do local ( tinha iluminação artificial perto, longe ou nenhuma, se sim de que côr era a luz).
4-Que tipo de luz emitia o pirilampo? Côr? Piscava ou mantinha-se sempe acesa? Pulsares?
5- Em que habitat estava o pirilampo? Floresta, campo, berma de caminho, etc... Diga-nos também se souber em que plantas o animal estava poisado ou a sobrevoar.
6- Por fim diga-nos o que é que o vaga lume estava a fazer? A comer, a acasalar, a descansar, a andar, a voar, etc...

As suas informações são muito importantes, pois muito pouco se sabe sobre estes animais misteriosos. Pode também dar um relato mais sintético sem responder a algumas das questões.
Em muitos locais se assiste à diminuição notória dos numeros de pirilampos e assim se vai perdendo um dos maiores espetáculos da natureza.

Envie por email de preferência para: livinglightfestival@gmail.com

Obrigado!!


2 comments:

Contacto said...

Recordo-me de há uns anos ter visto algo de semelhante à imagem em Esposende, mas pareceu-me (tenho quase a certeza) não ter asas, será possível? A luz emitida era verde fluorescente.
Vaga-lume é sinónimo de pirilampo?
Cumprimentos

lightalive said...

Sim, é sinónimo de pirilampo.

As fêmeas e as larvas, normalmente não têm asas.

Cumprimentos